Condição de vida dos selados

1

Qual é a condição estabelecida por Deus para que o homem possa receber o selo de Deus e a chuva serôdia?

  • Condições para receber o selo de Deus:

“O selo do Deus vivo só será colocado nos que se assemelham a Cristo no caráter.” SDA Bible Commentary, vol. 7, pág. 970.

“Os que hão de receber o selo do Deus vivo, e ser protegidos, no tempo de angústia, devem refletir completamente a imagem de Jesus.” Primeiros Escritos, pág. 71.

“O selo de Deus jamais será colocado à testa de um homem ou mulher impuros. Jamais será colocado à testa de um homem ou mulher cobiçosos ou amantes do mundo. Jamais será colocado à testa de homens ou mulheres de língua falsa ou coração enganoso. Todos os que recebem o selo devem ser imaculados diante de Deus – candidatos para o Céu.” Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 71.

“O amor exprime-se na obediência, e o amor perfeito lança fora o temor. Os que amam a Deus têm o Seu selo na testa, e praticam as obras de Deus.” Filhos e Filhas de Deus (Meditações Matinais, 1956), pág. 51.” Eventos Finais, pág. 221

  • Condição para receber a chuva Serôdia:

1- Desimpedir o Caminho Para a Chuva Serôdia

“Vi que ninguém poderia participar do “refrigério” a menos que obtivesse a vitória sobre toda tentação, orgulho, egoísmo, amor ao mundo, e sobre toda má palavra e ação. Deveríamos, portanto, estar-nos aproximando mais e mais do Senhor, e achar-nos fervorosamente à procura daquela preparação necessária para nos habilitar a estar em pé na batalha do dia do Senhor.”  Primeiros Escritos, pág. 71.

“Cumpre-nos remediar os defeitos de caráter, purificar de toda a contaminação o templo da alma. Então a chuva serôdia cairá sobre nós, como caiu a temporã sobre os discípulos no dia de Pentecoste.”   Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 69.

“Não há coisa alguma que Satanás tema tanto como que o povo de Deus desimpeça o caminho mediante a remoção de todo impedimento, de modo que o Senhor possa derramar Seu Espírito sobre uma enfraquecida igreja. … Toda tentação, toda influência contrária seja ela franca ou oculta, será resistida com êxito, “não por força, nem por violência, mas pelo Meu Espírito, diz o Senhor dos exércitos”. Zac. 4:6″ Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 124.

“A chuva serôdia virá, e a bênção de Deus encherá toda alma que estiver purificada de toda contaminação. É nossa obra hoje entregar nossa alma a Cristo, para estarmos preparados para o tempo de refrigério pela presença do Senhor – preparados para o batismo do Espírito Santo.”  Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 191. Eventos Finais pág. 192

2 – “Manter o Vaso Limpo e com o Lado Certo Para Cima”

“Não precisamos nos preocupar com a chuva serôdia. Tudo quanto temos que fazer é manter o vaso limpo e com o lado certo para cima e estar preparados para receber a chuva celestial, orando continuamente: “Que a chuva serôdia caia em meu vaso. Que a luz do anjo glorioso que se une ao terceiro anjo resplandeça sobre mim; dá-me uma parte na obra; que eu soe a proclamação; que eu seja um colaborador de Cristo.” Assim buscando a Deus, permiti-me contar-vos, Ele vos está preparando todo o tempo, concedendo-vos Sua graça.” Olhando Para o Alto (Meditações Matinais, 1983), pág. 277, Eventos Finais, pág.194

Vemos de forma muito clara que é necessário um caráter sem nenhuma mácula, uma purificação completa de toda contaminação tanto para receber a chuva Serôdia como para receber o selo de Deus.

Portanto podemos afirmar que os selados estarão refletindo perfeitamente o caráter de Jesus, estarão completamente livres do pecado, foram libertados da escravidão do pecado. Será para manter os selados nesta condição de vida sem pecado durante o tempo de angústia que eles receberão o selo de Deus e a chuva Serôdia.

  • Objetivo do selo de Deus e da chuva Serôdia:

“Quando os membros do corpo de Cristo se aproximarem do período de sua derradeira batalha, ‘o tempo da angústia de Jacó’, eles crescerão em Cristo e partilharão grandemente de Seu Espírito. À medida que a terceira mensagem se avoluma para um alto clamor e que grande poder e glória acompanham a obra conclusiva, o fiel povo de Deus participa dessa glória. É a chuva Serôdia que os reanima e fortalece para passar pelo tempo de angústia.” Testemunhos Para Igreja, vol. 1, pág. 353-354; (O batismo do Espírito Santo, pág. 112)

“Vi também que muitos não compreendem o que devem ser a fim de viverem à vista do Senhor sem um sumo sacerdote no santuário, durante o tempo de angústia. Os que hão de receber o selo do Deus vivo, e ser protegidos, no tempo de angústia, devem refletir completamente a imagem de Jesus.” Primeiros Escritos, pág. 71

É necessário que os selados estejam preparados e fortalecidos, purificados completamente do pecado para passarem pelo tempo de angústia. Durante este tempo Cristo não estará intercedendo pelos pecadores no santuário celestial e a porta da graça já estará fechada. Então aqueles que ainda tiverem algum pecado não confessado e não abandonado estarão perdidos para sempre.

É bom deixar bem claro que os salvos estarão durante o tempo de angústia “sem intercessor”. Se fosse o caso de Jesus ter deixado de interceder no santuário celestial e continuasse a interceder por eles em algum outro lugar, a serva do Senhor não poderia afirmar que naquele tempo eles estariam diante de um Deus Santo sem intercessor como segue:

“Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.” Apoc. 22:11. Todos os casos foram decididos para vida ou para morte. Cristo fez expiação por Seu povo, e apagou os seus pecados. O número de Seus súditos completou-se; “e o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu” (Dan. 7:27), estão prestes a ser entregues aos herdeiros da salvação, e Jesus deve reinar como Rei dos reis e Senhor dos senhores. Deixando Ele o santuário, as trevas cobrem os habitantes da Terra. Naquele tempo terrível os justos devem viver à vista de um Deus santo, sem intercessor. O Grande Conflito pág. 613-614

“Naquele tempo terrível, depois de finalizada a mediação de Jesus, os santos passaram a viver à vista de um Deus santo, sem intercessor.”  Primeiros Escritos pág. 280

Cristo como intercessor, proporciona ao pecador a oportunidade de se arrepender, confessar e então obter o perdão. Durante o tempo de angústia não haverá mais tempo para o arrependimento, para confissão e para obter o perdão. Aqueles que ainda estiverem em pecado terão decretado sua própria perdição eterna por terem rejeitado a graça misericordiosa de Deus enquanto ainda havia tempo.

“Os pretensos crentes, que chegam despreparados ao tempo de angústia, confessarão, em seu desespero, seus pecados perante o mundo em palavras de angústia, enquanto que os ímpios exultam sobre seu desespero. Ocaso de todos eles é sem esperança. Os que adiaram a preparação para o dia de Deus não podem fazer esta preparação no tempo de angústia nem em qualquer período futuro.” Signs of the Times, 27 de novembro de 1879; (O Batismo do Espírito Santo, pág. 112)

OBJETIVO DE SATANÁS

“O grande conflito entre Cristo e Satanás, que tem prosseguido durante quase seis mil anos, logo deve terminar; e o maligno redobra seus esforços para frustrar a obra de Cristo em prol do homem, e prender as almas em suas ciladas. Reter o povo em trevas e impenitência, até que termine a mediação do Salvador e não mais haja sacrifício pelo pecado, é o objetivo que ele procura realizar.” O grande Conflito, pág. 518

É o objetivo de Satanás: “Reter o povo em trevas e impenitência, até que termine a mediação do Salvador e não mais haja sacrifício pelo pecado[…]”. Reter o povo no pecado até que seja fechada a porta da graça, reter o povo no pecado até que Cristo deixe o santuário celestial. Porque satanás deseja manter o maior número possível e pessoas no pecado até que seja que seja demasiado tarde para o arrependimento e abandono do pecado. Até que seja demasiado tarde para o homem obter a salvação.

Fico decepcionado ao constatar que Satanás tem encontrado mesmo dentro da igreja muitas pessoas que o tem ajudado cumprir seu plano que levará muitas almas a destruição. Homens que deveriam estar alertando o mundo das ciladas do inimigo estão fazendo justamente o contrário. Estão ajudando Satanás manter a grande maioria no pecado até que seja demasiado tarde.

Que o Senhor nos ajude e nos ilumine!

Receber o selo de Deus é o mesmo que ter a lei de Deus escrita no coração, é o mesmo que receber o caráter de Cristo. Os selados terão recebido a chuva Serôdia, portanto estarão cheios do Senhor Espírito Santo.

“Quando o nome de Cristo e do Pai são inscritos nos crentes, eles recebem a dádiva do caráter divino .É declarado que estão selados na fronte porque dedicaram a mente a Cristo de modo cabal e completo .O Espírito Santo veio habitar neles. São”participantes da natureza divina”[II Ped. 1:4: Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.]. Precisamos ter o caráter de Cristo .”Somente os que receberem o selo do Deus vivo terão o passaporte que lhes permite entrar na cidade santa pelas portas . Há muitos, porém, que assumem responsabilidades em conexão com a obra de Deus, mas não são crentes sinceros; e, enquanto permanecerem assim, não poderão receber o selo do Deus vivo .confiam em sua própria justiça, o que o Senhor considera insensatez…”

“O selo do Deus vivo só será colocado sobre os que são semelhantes a Cristo no caráter.”

“Assim como a será recebe a impressão do selo, também a alma deve receber a impressão do Espírito de Deus e reter a imagem de Cristo” Comentários de Ellen G. White, SDABC, vol. 7, pág. 970,  Lição E. S. 2° Trim. 1989, pág. 100

Não podemos aceitar a possibilidade de os selados ainda terem algum pecado não confessado e não abandonado. Não existe espaço na vida dos selados para o pecado. O pecado sai e fica um vácuo que é preenchido pelo Senhor Espírito Santo:

 “A religião de Cristo significa mais que o perdão dos pecados; significa remover nossos pecados e encher o vácuo com as graças do Espírito Santo. Significa iluminação divina e regozijo em Deus. Significa um coração despojado do próprio eu e abençoado pela presença de Cristo.” Parábolas de Jesus, pág. 419-420

  • Um pecado contamina todo o ser

“Se um pecado é nutrido na alma, ou uma prática errônea conservada na vida, todo o ser é contaminado. O homem torna-se instrumento de injustiça.” DTN, pág. 313

Não pode existir então a possibilidade de uma pessoa com a plenitude do Senhor Espírito Santo, selada, refletindo perfeitamente o caráter de Cristo e mesmo tempo ainda estar contaminada com o pecado.

Quando a porta da graça for fechada os santos ou selados continuarão a santificar-se. Apocalípse 22:11

Aqui o sentido de, “e o santo continue a santificar-se” é que continuarão rejeitando as propostas para pecar apresentadas por Satanás, como José disse a mulher de Potifar os selados dirão ao inimigo, “como, pois, cometeria eu tamanha maldade e pecaria contra Deus?”

“Enquanto reinar Satanás, teremos de subjugar o próprio eu e vencer os pecados que nos assaltam; enquanto durar a vida não haverá ocasião de repouso, nenhum ponto a que possamos atingir e dizer: “Alcancei tudo completamente.” A santificação é o resultado de uma obediência que dura a vida toda. Atos dos Apóstolos, págs. 560 e 561.” Eventos Finais pág. 268

Não podemos interpretar ou deturpar este texto da seguinte forma: Enquanto reinar Satanás, teremos que viver subjugado pelo eu, e vencidos pelos pecados que nos assaltam.

Não podemos tirar uma mensagem negativa de um texto com uma mensagem tão positiva. A mensagem não é viver subjugado pelo eu e sim que devemos subjugar o euA mensagem não é viver derrotado pelo pecado e sim sermos vitoriosos. O Senhor nos concede poder para subjugar o eu e vencer o pecado. Filipenses 4:13

Outra mensagem que merece nossa atenção: A santificação não é o resultado de uma “BUSCA” de uma obediência que dura à vida toda. A santificação é o resultado de uma obediência que dura a vida toda.

  • A luta contra o pecado continuará até o momento da glorificação

Afirmar  que a luta contra o pecado continuará até o momento da glorificação não é o mesmo que o pecado continuará na vida de todos, até mesmos daqueles que serão salvos até o momento da glorificação.

Existem duas situações em que o homem luta contra o pecado:

A primeira é a luta do homem para se libertar do pecado. Nesta situação o pecado está no coração do homem que deve então clamar a Deus porque, “o sangue de Jesus, seu Filho,  nos purifica de todo o pecado.” 1 João 1:7

Através do poder de Deus o pecado pode ser expulso do coração do homem que será então libertado da escravidão do pecado. Ser pecador é uma condição (1 João 1:8), mas não podemos nos esquecer que esta é uma condição que pode ser mudada pelo poder de Deus. (1 João 1:9)

A segunda situação começa após o homem ser libertado da escravidão do pecado, quando ele luta contra o pecado. Agora o homem luta para não ser novamente dominado pelo pecado. Satanás irá atacar de todas as maneiras e o homem novamente depende do poder de Deus para ser vitorioso e não ser novamente contaminado com o pecado, para continuar livre da escravidão do pecado.

Vemos na vida de Cristo um exemplo de luta para não ser contaminado com o pecado. Vejamos o que aconteceu com Cristo no deserto após quarenta dias de jejum e oração. Ali no deserto vemos Satanás atacando a Jesus que se defendia dos ataques do inimigo. Havia ali uma batalha. Jesus estava sendo “tentado no deserto”, porém  não havia absolutamente nenhum pecado em Jesus. Na verdade Jesus sempre foi um vitorioso na luta contra o pecado. Ele nunca foi contaminado com o pecado.

A luta dos salvos contra o pecado durante o tempo de angústia será para não serem novamente  contaminados com o pecado, veja que a serva do Senhor afirma que eles não possuem falta oculta para revelar:

“Mas, ao mesmo tempo em que têm uma profunda intuição de sua indignidade, não possuem falta oculta para revelar. Seus pecados foram examinados e extinguidos no juízo; não os podem trazer à lembrança.” Grande Conflito, p. 620

Estarão vivendo completamente livres do pecado.

  • O Povo de Deus não Acaricia Desejos Pecaminosos

“Agora, enquanto nosso grande Sumo Sacerdote está a fazer expiação por nós, devemos procurar tornar-nos perfeitos em Cristo. Nem mesmo por um pensamento poderia nosso Salvador ser levado a ceder ao poder da tentação. Satanás encontra nos corações humanos algum ponto em que pode obter apoio; algum desejo pecaminoso é acariciado, por meio do qual suas tentações asseguram a sua força. Mas Cristo declarou de Si mesmo: “Aproxima-se o príncipe deste mundo, e nada tem em Mim.” João 14:30. Satanás nada pôde achar no Filho de Deus que o habilitasse a alcançar a vitória. Tinha guardado os mandamentos de Seu Pai, e não havia nEle pecado que Satanás pudesse usar para a sua vantagem. Esta é a condição em que devem encontrar-se os que subsistirão no tempo de angústia. O Grande Conflito, pág. 623. Eventos Finais, p. 152

Os salvos nunca dirão de uma forma arrogante que já alcançaram tudo completamente e que estão vivendo sem pecar. Por estarem contemplando a Jesus desejarão mais e mais de Seu caráter, manifestarão humildade e não arrogância, compreenderão  que enquanto reinar Satanás e eles continuarem com a natureza caída haverá necessidade de uma contínua permanência com Deus para não se tornarem novamente escravos do pecado. Eles estarão obedecendo o conselho de Jesus. “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.” Mateus 26:41

  • Selados purificados e vitoriosos pelo poder de Deus

Os que desejam a salvação devem buscar ao Senhor “agora” para que sejam completamente libertados do pecado para que recebam o Selo de Deus, a chuva Serôdia e assim estarem preparados para o tempo de angústia. Na volta de Jesus não haverá transformação de caráter.

Os selados serão aqueles que foram completamente libertados da escravidão do pecado pela graça de Deus antes do fechamento da porta da graça e que serão vitoriosos pelo poder de Deus sobre as tentações de Satanás durante o tempo de angústia. Deus seja louvado! 

O segundo selo do Espírito Santo é o selo do fim do tempo, concedidos aos que, pela entrega diária a Cristo, mantém a experiência do novo nascimento sendo, portanto vitoriosos sobre todo o pecado. Apoc. 7:3 e 14 1declaram que os 144000 são selados na fronte . Eles são intelectual e espiritualmente estabelecidos na verdade. O nome de Cristo e o do Pai, colocados em suas frontes, simbolizam que pelo espírito Santo, são participantes do caráter de Deus. Desfrutam da experiência do novo concerto, tendo assim a lei de Deus inscrita no coração (Heb. 8;10-12). Libertados, enquanto ainda estavam na terra, tanto da mancha do legalismo como da desobediência, no reino celestial eles seguirão o Cordeiro para onde quer que vá [Apoc. 7:14-15: E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro. Por isso estão diante do trono de Deus, e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra. Apoc. 7:4: E ouvi o número dos assinalados, e eram cento e quarenta e quatro mil assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel.] Os fieis são selados antes que os ventos da contenda sejam soltos perto do fim da história terrestre (Apoc. 7:1-3). Repletos do Espírito Santo, eles estão inteiramente livres de atos de pecado, pois “não tem mácula” (Apoc. 14:5). O vocábulo grego significa “sem mancha, irrepreensíveis”, e também é usado em Efés.1:4; 5:27: Col. 1:22;  Jud. 24.  Lição E. S. 4° Trim. 1994 pág.94 e 95

“[…] A expressão ‘virgens néscias’ representa o caráter daqueles que não tem experimentado no coração a obra genuína do Espírito de Deus. A vinda de Cristo não transforma as virgens néscias em prudentes. […] “ Review and Herald, 19 de agosto de 1890. (A Vinda do Consolador, pág. 290)

“Há diante de nós um Céu, uma coroa de vida a ganhar. Mas somente ao vencedor é dada a recompensa. O que obtém o Céu precisa estar revestido das vestes da justiça. “E qualquer que nEle tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também Ele é puro.” I João 3:3. No caráter de Cristo não havia desarmonia de espécie alguma. E o mesmo pode acontecer conosco. Nossa vida pode ser regida pelos princípios que governaram a Sua vida. Manuscrito, 1886. Filhos e Filhas de Deus, pág. 8; Visões do Céu, pág. 54

“Se quereis ser santos no Céu precisais ser primeiro santos na Terra. Os traços de caráter que acalentais na vida não serão modificados pela morte ou pela ressurreição. Saireis da sepultura com a mesma disposição que manifestastes em vosso lar e na sociedade. Jesus não altera o caráter em Sua vinda. A obra de transformação tem de ser efetuada agora. Nossa vida diária está determinando o nosso destino. Precisamos arrepender-nos dos defeitos de caráter, vencê-los pela graça de Cristo e formar um caráter simétrico neste período de prova, a fim de que sejamos habilitados para as mansões lá do alto.” Manuscript Releases, vol. 13, pág. 82. (Eventos Finais pág. 295; Visões do Céu, pág. 54)

Deus seja para sempre louvado!

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: