A mentira de satanás

MandamentosExiste alguma possibilidade do homem passar a obedecer à lei de Deus de forma completa?

Satanás tem afirmado desde o princípio ser impossível para os homens obedecer aos mandamentos do Senhor. Esta afirmação de Satanás é verdadeira? Encontraremos as respostas nos próximos textos escritos pela serva do Senhor. Que o nosso Deus nos ilumine.

 “Cristo foi enviado ao mundo para desmentir a falsidade de Satanás, de que Deus fizera uma lei que o homem não podia guardar. Assumindo a forma humana, Ele veio à Terra e, por uma vida de obediência, mostrou que Deus fizera uma lei que o homem podia guardar. Mostrou que é possível ao homem obedecer perfeitamente a lei. Aqueles que aceitam Cristo como seu Salvador, tornam-se participantes de Sua natureza divina e capacitados a seguir Seu exemplo, vivendo em obediência a todos os preceitos da lei. Pelos méritos de Cristo, o homem deve mostrar pela obediência que podia estar no Céu e não se rebelaria. Manuscrito 48, 1893.” Fé E Obras, pág. 114

“Satanás alegava ser impossível para os seres humanos guardarem a lei de Deus. A fim de provar a falsidade dessa alegação, Cristo deixou Seu elevado comando, tomou sobre Si a natureza do homem e veio à Terra para colocar-Se à cabeça da raça caída, com o objetivo de demonstrar que a humanidade poderia enfrentar as tentações de Satanás. Ele tornou-Se a Cabeça da humanidade para ser assaltado com tentações em todos os pontos em que a caída natureza humana seria tentada, para que pudesse saber como socorrer a todos que são tentados. Assumindo nossa natureza, Ele foi fiel ao padrão divino de justiça, obtendo vitória sobre Satanás. Ele foi tentado em todos os pontos como nós, mas permaneceu sem pecado.” Olhando Para O Alto, pág. 166

“Através de seu domínio sobre os homens, adquiriu império sobre o mundo. Cristo viera para desmentir a pretensão de Satanás. Como Filho do homem, o Salvador permaneceria leal a Deus. Assim se provaria que Satanás não havia adquirido inteiro domínio sobre a raça humana, e que sua pretensão ao mundo era falsa. Todos quantos desejassem libertação de seu poder, seriam postos em liberdade. O domínio perdido por Adão em conseqüência do pecado, seria restaurado.” O Desejado De Todas As nações, pág. 115

“Cristo […] não transgrediu a lei de Deus em nenhum detalhe. Mais que isso, Ele eliminou qualquer desculpa do homem caído que pudesse alegar alguma razão para não guardar a lei de Deus. Cristo estava cercado das fraquezas da humanidade, era afligido com as mais ferozes tentações, tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, e mesmo assim desenvolveu um caráter reto. Nenhuma mancha de pecado foi encontrada sobre Ele.” – ST, 16/01/1896  (Ellen White e a Humanidade de Cristo, pág. 173)

“Cristo não só morreu como nosso sacrifício, mas viveu como nosso exemplo. Em Sua natureza humana, Ele Se apresenta completo, perfeito, imaculado. Ser um cristão é ser como Cristo. Todo o nosso ser, nossa alma, o corpo, o espírito, devem ser purificados, enobrecidos, santificados, até que reflitamos a Sua imagem e imitemos o Seu exemplo. RH, 28/01/1882( Ellen White e a Humanidade de Cristo, pág. 150 )

Sim! É possível sim, pelo poder de Deus, o homem obedecer de forma completa a lei de Deus. Jesus Cristo veio ao nosso mundo assumindo a natureza humana para provar ser possível para o homem obedecer a todos os mandamentos do Senhor.

Sendo assim Jesus provou para todos que Satanás estava errado ao afirmar que não existe a possibilidade dos homens guardarem todos os mandamentos do Senhor.  Aqueles que hoje negam a existência da possibilidade dos homens obedecerem plenamente à lei de Deus estão ajudando a Satanás a proclamar uma grande mentira. Misericórdia Senhor!

“Se me amais, guardai os meus mandamentos.” João 14:15

Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.”  João 15:10

  • Plena obediência é o mesmo que vida sem pecado 

“O grande Mestre veio ao nosso mundo não somente para fazer expiação pelo pecado, mas também para ser um mestre tanto por preceito como pelo exemplo. Veio mostrar ao homem como guardar a lei na humanidade, de nodo que ele não tivesse nenhuma desculpa para seguir seu próprio critério imperfeito. Vemos a obediência de Cristo. Sua vida era sem pecado. A obediência durante toda a Sua vida é uma censura à humanidade desobediente. A obediência de Cristo não deve ser posta de lado como se fosse completamente diferente da obediência que Ele requer de nós individualmente. Cristo nos mostrou que é possível para toda a humanidade obedecer as leis de Deus.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, pág. 135 e 136

“Vemos a obediência de Cristo. Sua vida era sem pecado.” Jesus obedeceu à lei de Deus de forma plena.  A vida de Jesus era sem pecado.  Podemos dizer que estar obedecendo de forma completa é o mesmo que estar vivendo sem pecar. 

Seria um absurdo alguém afirmar que existe a possibilidade de um homem estar obedecendo toda à lei de Deus, uma obediência completa, verdadeira, pelo poder de Deus tendo a lei escrita em seu coração e ao mesmo tempo estar vivendo em pecado.

Já vimos que Jesus provou ser possível para os homens pelo poder de Deus obedecer a todos os mandamentos do Senhor. Vimos também que estar obedecendo a todos os mandamentos de Deus é o mesmo que estar vivendo sem o pecado. 

Então logicamente se existe a possibilidade do homem passar a obedecer a todos os mandamentos de Deus. Consequentemente  existe a possibilidade do homem passar a viver sem pecar.

Deus seja louvado!

Como encontramos no Espírito de profecia declarações confirmando ser possível uma obediência plena de lei de Deus, deveríamos encontrar também afirmações da possibilidade do homem pelo poder de Deus passar a viver sem o pecado, visto ser obediência plena o mesmo que estar vivendo livre da escravidão do pecado.

Assim como a serva do Senhor escreveu que Jesus veio ao nosso mundo para provar que os homens, pelo poder de Deus, podem guardar toda a lei de Deus ela também escreveu que Jesus veio ao nosso mundo para provar que os homens podem pelo poder de Deus passar a viver sem o pecado. É o que veremos a seguir:

  • Jesus veio ao nosso mundo para provar ser possível para os homens obedecerem a toda a lei de Deus. 

“Satanás tem afirmado que os homens não podem guardar os mandamentos de Deus. Para provar que eles podem, Cristo tornou-Se homem e viveu em perfeita obediência, uma evidência para seres humanos pecadores, para os mundos não caídos e para os anjos celestiais de que o homem pode guardar a lei de Deus através do poder divino que é derramado em abundância sobre todos os que creem. A fim de revelar Deus ao mundo, e para demonstrar ser verdade aquilo que Satanás tem negado, Cristo apresentou-Se como voluntário para tomar a humanidade, e em Seu poder a humanidade pode obedecer a Deus- ST, 10/05/1899 (Ellen White e a Humanidade de Cristo, pág. 188 e 189)

  • Jesus veio ao nosso mundo para provar ser possível para os homens viver sem o pecado.

“Cristo tomou a humanidade e suportou o ódio do mundo para que pudesse revelar a homens e mulheres que estes poderiam viver sem pecado, que suas palavras, atos, seu espírito, poderiam ser santificados para Deus. Podemos ser cristãos perfeitos se manifestarmos esse poder em nossa vida. Quando a luz do céu repousar sobre nós continuamente, representaremos a Cristo. Foi a justiça revelada em Sua vida que O distinguiu do mundo e despertou seu ódio. […] As palavras de Cristo são ditas para Seu povo em todas as épocas- para nós sobre quem o fim dos séculos é chegado.”- Manuscrito 97, 16 de outubro de 1909, “ Eu Sou a Videira Verdadeira”, sermão pregado em San José, Califórnia. Olhando para o Alto, MM, pág. 297

“O homem caiu. A imagem de Deus nele se acha deformada. Por causa da desobediência ele se tornou depravado em suas inclinações e debilitado em suas faculdades, aparentemente incapaz de esperar qualquer outra coisa além de tribulação e castigo. Mas Deus, por intermédio de Cristo, planejou um escape, e diz a todos: “Portanto, sede vós perfeitos.” Mat. 5:48. O Seu propósito é que o homem seja correto e digno diante dEle, e assim o Seu plano não será frustrado. Ele enviou o Seu Filho a este mundo a fim de pagar a penalidade do pecado, e mostrar ao homem como viver uma vida sem pecado.” Signs of the Times, 30 de março de 1904. Cuidado De Deus, MM 1995, pág. 320

Obediência a Deus é liberdade do cativeiro do pecado, livramento das paixões e impulsos humanos. O homem pode ser vencedor de si mesmo, vencedor de suas inclinações, vencedor dos principados e potestades, e dos “príncipes das trevas deste século”, e das “hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais”. Efés. 6:12. A Ciência do Bom Viver, pág. 131. (Mente, Caráter e Personalidade, pág. 123)

  • Acusação de Satanás

“Exatamente aqui, neste pequenino átomo de mundo, desdobraram-se as mais grandiosas cenas já conhecidas pela humanidade. Todo o universo celestial foi espectador, intensamente interessado. Por quê? Ia-se ferir a grande batalha entre o poder das trevas e o Príncipe da Luz. A obra de Satanás era engrandecer constantemente o seu poder. … A todo momento apresentava ele a Deus numa luz falsa. Apresentava-O como Deus de injustiça, e não de misericórdia. Estava a provocar constantemente o espírito dos homens, de modo que tivessem uma visão incorreta de Deus.” Manuscrito 7, 1888.    Nos Lugares Celestiais, pág. 11

“Desde o princípio a grande controvérsia fora a respeito da lei de Deus. Satanás procurara provar que Deus era injusto, que Sua lei era defeituosa, e que o bem do Universo exigia que ela fosse mudada. Atacando a lei, visava ele subverter a autoridade de seu Autor. “ Patriarcas e Profetas, pág. 69

Satanás acusa ao nosso Deus de injustiça. Afirma que a lei do Senhor é defeituosa sendo portanto, impossível de ser obedecida. Mas como já vimos Satanás está errado. A lei pode ser obedecida e Deus é justo. Ele requer do homem plena obediência porque Cristo provou ser possível essa obediência pelo Seu poder. Cristo veio ao nosso mundo e derrotou Satanás obedecendo sempre todos os mandamentos e está pronto para conceder poder para que o mesmo possa acontecer em nossa vida.

  • Jesus vindicando a justiça divina

 “Tão profundo era o interesse do Senhor nos seres que criara, tão grande Seu amor pelo mundo, que Ele “deu o Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. João 3:16. Cristo veio para conceder ao homem poder moral, para o elevar, enobrecer e fortalecer, habilitando-o a ser participante da natureza divina, tendo escapado da corrupção que pela concupiscência há no mundo. Provou Ele aos habitantes dos mundos não caídos, e aos seres humanos, que a lei pode ser guardada. Conquanto possuísse a natureza do homem, obedeceu Ele à lei de Deus, vindicando a justiça divina ao exigir que ela fosse obedecida. No juízo a Sua vida será um argumento irrefutável em favor da lei de Deus.” Nos Lugares Celestiais, pág. 38

  • O que estão fazendo aqueles que negam ser possível obedecer plenamente à lei de Deus.

“É requerida obediência exata, e os que dizem não ser possível levar uma vida perfeita, lançam sobre Deus a acusação de injustiça e falsidade.” – Reimpressões De Review and Herald, vol. 6, pág. 519, ver também Review and Herald, 7 de fevereiro de 1957, pág. 30. (Lição da Escola Sabatina, 2° trim. 1989, “Triunfo no Presente e Glória no Futuro” pág. 48

Vimos que Satanás procurara provar que Deus era injusto… (Patriarcas e Profetas, pág. 69) e agora com a afirmação acima da serva do Senhor,devemos ficar apercebidos com nossa atitude. Quem afirma não haver possibilidade do homem obedecer  a lei de Deus, está sendo mentiroso e ajudando a Satanás a propagar uma grande mentira. Assim como Satanás criticou a lei e acusou nosso Deus de ser injusto, também aqueles que afirmam não haver nenhuma possibilidade do homem levar uma vida perfeita  “ lançam sobre Deus a acusação de injustiça e falsidade.” Misericórdia Senhor!

  • O que torna possível o homem guardar a lei de Deus

“Deus ia ser manifesto em Cristo, “reconciliando consigo o mundo”. II Cor. 5:19. O homem se tornara tão degradado pelo pecado que lhe era impossível, por si mesmo, andar em harmonia com Aquele cuja natureza é pureza e bondade. Mas Cristo, depois de ter remido o homem da condenação da lei, poderia comunicar força divina para se unir com o esforço humano. Assim, pelo arrependimento para com Deus e fé em Cristo, os caídos filhos de Adão poderiam mais uma vez tornar-se “filhos de Deus”. I João 3:2.” Patriarcas E Profetas, pág. 64

“Por meio das tentações de Satanás o gênero humano todo se tornou transgressor da lei de Deus; mas, pelo sacrifício de Seu Filho, abriu-se um caminho por onde podem voltar a Deus. Mediante a graça de Cristo, podem habilitar-se a prestar obediência à lei do Pai.” Patriarcas e Profetas, pág. 338.

“Satanás tem afirmado que os homens não podem guardar os mandamentos de Deus. Para provar que eles podem, Cristo tornou-Se homem e viveu em perfeita obediência, uma evidência para seres humanos pecadores, para os mundos não caídos e para os anjos celestiais de que o homem pode guardar a lei de Deus através do poder divino que é derramado em abundância sobre todos os que creem.A fim de revelar Deus ao mundo, e para demonstrar ser verdade aquilo que Satanás tem negado, Cristo apresentou-Se como voluntário para tomar a humanidade, e em Seu poder a humanidade pode obedecer a Deus- ST, 10/05/1899 (Ellen White e a Humanidade de Cristo, pág. 188 e 189)

Não existe nenhuma possibilidade do homem guardar a lei de Deus por suas próprias forças, mas ao receber força divina que lhe é comunicada, obedecerá plenamente à lei do Senhor. Através da atuação do nosso Senhor Espírito Santo a lei de Deus é escrita no coração do homem e então ele passa a viver em harmonia com os princípios divinos:

“Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.” Jeremias 31:33

  • Homens obedecendo como Jesus

Por Sua obediência perfeita tornou possível a todo homem obedecer aos mandamentos de Deus. Ao nos sujeitarmos a Cristo, nosso coração se une ao Seu, nossa vontade imerge em Sua vontade, nosso espírito torna-se um com Seu espírito, nossos pensamentos serão levados cativos a Ele; vivemos Sua vida. Isto é o que significa estar trajado com as vestes de Sua justiça. Quando então o Senhor nos contemplar, verá não o vestido de folhas de figueira, não a nudez e deformidade do pecado, mas Suas próprias vestes de justiça que são a obediência perfeita à lei de Jeová. Parábolas de Jesus, pág. 312

“O Grande Mestre veio ao nosso mundo para estar à testa da humanidade, e desse modo erguê-la e santificá-la por meio de Sua santa obediência a todos os requisitos divinos, mostrando que é possível obedecer a todos os mandamentos de Deus. Ele demonstrou que uma vida toda de obediência é possível. Como o Pai deu o Seu Filho, assim Ele dá ao mundo homens escolhidos, representativos, para exemplificarem em sua vida a vida de Jesus Cristo. Manuscrito 1, 1892.”  Cuidado De Deus, pág.  344

  • Quem subsistirá no tempo de angústia?

“Agora, enquanto nosso grande Sumo Sacerdote está a fazer expiação por nós, devemos procurar tornar-nos perfeitos em Cristo. Nem mesmo por um pensamento poderia nosso Salvador ser levado a ceder ao poder da tentação. Satanás encontra nos corações humanos algum ponto em que pode obter apoio; algum desejo pecaminoso é acariciado, por meio do qual suas tentações asseguram a sua força. Mas Cristo declarou de Si mesmo: “Aproxima-se o príncipe deste mundo, e nada tem em Mim.” João 14:30. Satanás nada pôde achar no Filho de Deus que o habilitasse a alcançar a vitória. Tinha guardado os mandamentos de Seu Pai, e não havia nEle pecado que Satanás pudesse usar para a sua vantagem. Esta é a condição em que devem encontrar-se os que subsistirão no tempo de angústia.” O Grande Conflito, pág. 623.

A graça que o nosso maravilhoso Deus nos oferece pode nos transformar a tal ponto, que passamos a exemplificar em nossa vida a vida de Jesus. Que esse seja o nosso objetivo, a plena obediência da lei de Deus, passar a viver sem o pecado antes que feche a porta da graça, porque essa é a condição dos que subsistirão no tempo de angústia.

“Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo; O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.” Tito 2:11-14

“Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão. Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça. Por essa razão, pois, amados, empenhai-vos por serdes achados por ele em paz, sem mácula e irrepreensíveis.”  2° Pedro 3:11-14

Deus seja para sempre louvado!

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: