Filhos de Deus

filhos de Deus“E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade.” Efésios 1:5

“Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, e eu vos receberei;
E eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso.” 2 Coríntios 6:17-18

Nosso maravilhoso Deus por nos amar muito e desejar nossa salvação nos convida para um relacionamento íntimo com Ele. Nosso Deus deseja nos transformar de tal forma que venhamos a viver realmente como filhos de Deus.

  • Quem são os verdadeiros filhos de Deus

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome;
Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” João 1:12-13

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.” Romanos 8:14-15

Filhos de Deus são aqueles que:

  • receberam o Senhor no coração,
  • que nasceram de Deus (novo nascimento) e
  • que são guiados pelo Senhor Espírito Santo.

Tenho orado ao Senhor para que nos transforme de tal forma que vivamos realmente como filho de Deus. Não devemos ficar tentando descobrir se esta ou aquela pessoa é ou não é um filho de Deus. Não temos competência para isto. O que realmente devemos fazer é estar avaliando cada um sua própria vida, pedindo ao Senhor para que nos purifique e nos conceda a graça de viver como filho de Deus. Oremos uns pelos outros. Oremos como Davi sempre orarava: ”Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.” Salmo 139:33-34

  • Nosso objetivo na caminhada cristã:

“Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo.” Filipenses 2:15

  • Filhos de Deus ou filhos do diabo:

Segundo nosso mestre e salvador Jesus Cristo, o que determina se somos ou não filhos de Deus não é o que dizemos, mas como vivemos. Muitas pessoas chamam a Deus de Pai no entanto não estão dispostas a se entregarem a Ele completamente para serem transformadas e purificadas e se tornarem realmente filhos de Deus. É triste, mas é uma grande verdade que se a nossa vida não revela que se somos realmente filhos de Deus, então somos na realidade um filho do diabo.

“Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou. Por que não entendeis a minha linguagem? Por não poderdes ouvir a minha palavra. Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” João 8:42-44

“Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus.” 1 João 3:10

“Mas eles confiam em Cristo, e Cristo não os abandonará. Ele veio a este mundo para tirar os seus pecados e imputar-lhes Sua justiça. Declara que mediante a fé em Seu nome podem obter perdão e caracteres perfeitos semelhantes ao de Cristo. Confessaram-Lhe seus pecados e pediram perdão, e Cristo declara que em virtude de olharem para Ele e nEle crerem, dar-lhes-á o poder de se tornarem filhos de Deus.” Este Dia Com Deus, pág. 224

“Pela fé no sacrifício expiatório de Cristo, os filhos de Adão podem voltar a ser filhos de Deus. Assumindo a natureza humana, Cristo elevou a humanidade. Os homens caídos são colocados na posição em que, mediante a conexão com Cristo, podem na verdade tornar-se dignos do nome de “filhos de Deus”. Caminho a Cristo, pág. 15

“Mediante o arrependimento de seus pecados, a fé em Cristo e a obediência à perfeita lei de Deus, a justiça de Cristo é imputada ao pecador, converte-se em sua justiça e seu nome é registrado no livro da vida do Cordeiro. Converte-se num filho de Deus, um membro da família real.” Testimonies, vol. 3, pág. 371-372

“A igreja de Deus é composta de filhos adotados. Os filhos naturais são órfãos e pródigos – estão fora da família de Deus por causa do seu pecado e por sua escolha de estarem em rebelião contra Deus. Mas quando aceitam a provisão de Deus, eles são adotados na Sua família. A relação agora passa ser de família, fundada em amor.”  Lição da Escola Sabatina 4° trim. 2005, Efésios o evangelhos dos relacionamentos, pág. 32

“Redenção significa libertação de um escravo mediante pagamento. Nas escrituras, redenção significa provisão de Deus em Cristo para nos salvar da escravidão do pecado. O derramamento do sangue de Cristo na cruz pelos nossos pecados tornou possível não só o perdão, mas também a redenção e a adoção na família de Deus (Gál. 4:4-6; Efés. 1:7 e 8). Sem Cristo, nada disso teria sido possível.” Lição da Escola Sabatina 4° trim. 2005, Efésios o evangelhos dos relacionamentos, pág. 33

“João diz: “A luz” – Cristo – “resplandece nas trevas”, isto é, no mundo, “e as trevas não prevaleceram contra ela. … Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no Seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” João 1:5-13. A razão por que o mundo incrédulo não é salvo é que eles não escolhem ser iluminados. A velha natureza, nascida do sangue e da vontade da carne, não pode herdar o reino de Deus. Os velhos costumes, as tendências hereditárias, os antigos hábitos, precisam ser abandonados; pois a graça não é herdada. O novo nascimento consiste em ter novos motivos, novos gostos, novas tendências. Os que são gerados para uma nova vida pelo Espírito Santo tornaram-se participantes da natureza divina, e em todos os seus hábitos e práticas eles evidenciam sua relação com Cristo. Quando homens que professam ser cristãos retêm todos os seus defeitos naturais de caráter e disposição, em que sua posição difere da dos mundanos? Eles não apreciam a verdade como santificadora, como refinadora. Não nasceram de novo. […]” E Recebereis Poder, MM 1999, pág. 53

Que todos aqueles que chamam a Deus de Pai possam aceitar, além do perdão, também a purificação completa que o Senhor disponibiliza para cada um de nós e possamos viver realmente como filhos de Deus, honrando e glorificando o Seu nome.

“Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo.” Filipenses 2:15

Deus seja louvado sempre!

 

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: