Filhos da Luz

luz“O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor.” Colossenses 1:13

“É propósito do Salvador que os seres humanos, purificados e santificados, sejam Sua mão ajudadora. Agradeçamos por este grande privilégio Àquele “que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz; o qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do Seu amor”. Col. 1:12 e 13.” Atos Dos Apóstolos, pág. 478

“Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.” João 8:12

“Cristo é a luz do mundo. Por meio dEle a luz está brilhando entre as trevas morais. Se Ele não fosse a luz, as trevas não seriam manifestas, pois a luz revela as trevas. Quanto mais clara é a luz, tanto mais se manifesta o contraste entre a luz e as trevas. Remova-se a luz, e só restarão as trevas. Cristo declarou qual é a nossa posição. “Quem Me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.” João 8:12. Ele mesmo é a brilhante Estrela da Manhã. É o Sol da justiça, o esplendor da glória de Seu Pai. Ele é “a verdadeira luz, que, vinda ao mundo, ilumina a todo homem”. João 1:9. Como Médico e Curador, Ele veio restaurar a imagem moral de Deus que foi perdida pela transgressão. Quando Cristo habita na alma pela fé, Ele torna aquele que O ama inteiramente luz no Senhor. É certo que muitos que dizem crer na verdade têm apenas uma fé nominal. Não são praticantes da Palavra. Professam crer, mas sua profissão não os converterá. … Quando Cristo habita no coração, Sua presença é evidente. Boas e agradáveis palavras e ações revelam o Espírito de Cristo. É manifestada suavidade de temperamento. Não há explosões de ira, nem obstinação, nem ruins suspeitas. Não há ódio no coração quando.[…] idéias e métodos… não são aceitos e apreciados pelos outros. […] Quando a verdade controla a vida, há pureza e libertação do pecado. A glória, a plenitude, a inteireza do plano do evangelho é cumprida na vida. A luz da verdade dimana do templo da alma. O entendimento apodera-se de Cristo. Manuscrito 164, 1898.” Cuidado de Deus, MM 1995, pág. 286

Os que são santificados pela verdade, são qual luzes ardentes e resplandecentes, iluminando a todos quantos se encontram na casa. As boas obras revelar-se-ão em todo verdadeiro crente. O Senhor não pode aceitar coisa alguma senão a perfeição de caráter, a integridade para com Deus. Qualquer serviço com coração dividido testificará perante os seres celestes que deixastes de copiar o Modelo. The Youth’s Instructor, 13 de outubro de 1892.” Filhos E Filhas De Deus, MM 1956, pág.138

  •  Andai como filhos da luz

“Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas.” 1 Tessalonicenses 5:5

“Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz” Efésios 5:8

“Tendo definido a vida cristã como andando em amor, com uma visão do juízo iminente, Paulo agora se volta para terceiro aspecto: andar como filhos da luz. Como é de seu  estilo, ele faz outro contraste: no passado, vocês eram filhos das trevas, mas agora são filhos da luz (Efés. 5:8).

Se a escuridão representa a antiga vida, a luz representa a nova. O apóstolo reconhece que os crentes se moveram das trevas para luz (v.8). Desde a conversão, eles se tornaram luz no Senhor; isto é, refletores do caráter daquele que disse: “Eu sou a luz do mundo” (João 8:12). Costumamos comparar luz com conhecimento intelectual, conhecimento dos fatos; e escuridão, com ignorância dos fatos. Embora exista alguma verdade nessa ideia, leia Efésios 5:8-14 e responda a esta pergunta:

A que Paulo compara andar na luz? Mais especificamente, refere-se apenas ao conhecimento intelectual ou a vida moral e à conduta do cristão? Por que essa resposta é importante?

Note que Paulo é tão firme quanto a viver livre da mancha moral que ele não apenas nos adverte a afastar-nos dos que fazem mal, mas também nos chama para reprová-los.” Texto extraído da Lição da Escola Sabatina, 4° trim. 2005, “Efésios: o evangelho dos relacionamentos”, pág. 126

“É praticando em nossa vida os puros princípios do evangelho de Cristo que honramos e glorificamos nosso Pai, que está no Céu. Ao fazer isso, estamos refletindo sobre o escuro mundo ao nosso redor a luz dada pelo Céu. Pecadores serão levados a admitir que não somos os filhos das trevas, mas os filhos da luz. Como eles saberão isso? Pelos frutos que produzimos. Homens podem ter seus nomes no livro da igreja; isso, porém, não os torna filhos da luz. Podem ocupar posições honrosas e receber o louvor dos homens; isso, porém, não os torna filhos da luz. … Precisa haver uma profunda obra da graça – o amor de Deus no coração, e esse amor é expresso pela obediência.” EXALTAI-O, MM 1992,  pág. 267

  • Não temos correspondido ao chamado de Deus para representa-Lo como filhos da luz.

“O grande pecado do povo de Deus no tempo presente consiste em não apreciarmos o valor das bênçãos que Deus nos tem outorgado. Servimos a Deus com o coração dividido. Acariciamos algum ídolo e adoramos em seu relicário. A verdade de Deus é elevada e santa, santificando a alma, se for introduzida na vida e entretecida com o caráter. Deus está procurando tornar-nos com Sua verdade um povo separado e peculiar. Esta é a influência da verdade. Nossa obediência e devoção não estão à altura de nossa luz e privilégios, e as sagradas obrigações que repousam sobre nós, de andarmos como filhos da luz, não são cumpridas por nós. Como cristãos, não correspondemos a nossa elevada vocação. Advertências e repreensões nos têm sido dadas por Deus, mas só têm tido influência sobre nós durante algum tempo, porque não consideramos ser a obra de nossa vida prosseguir para a frente e para o alto, em direção ao alvo, ao prêmio da soberana vocação em Cristo Jesus.” Este Dia Com Deus, MM 1980, pág. 48

 “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas.” João 3:19-20

“Vinde, ó casa de Jacó, e andemos na luz do SENHOR.” Isaías 2:5

É o desejo do Senhor que os Seu povo, os filhos da luz, ilumine toda a Terra refletindo o caráter de Cristo. Que seja também o  nosso desejo. Precisamos entregar o coração a Deus sem reservas, para que Ele possa nos transformar e nos purificar completamente. Desta maneira seremos libertados da escravidão do pecado e também deste mundo repleto de sofrimento e dor.

  • O povo que professa ter mais luz tem a responsabilidade de ser também mais puro

“O povo do mundo observa-nos para ver se nossa fé está exercendo influência santificadora sobre nosso coração. São rápidos para discernir qualquer defeito de nossa vida, qualquer incoerência de nossos atos. Não lhe demos ocasião para vituperar nossa fé.” Testemunhos Seletos, vol. 3, pág. 246

“Nós, como povo, professamos possuir mais verdades do que qualquer outro na Terra. Neste caso, nossa conduta e caráter devem também corresponder à nossa profissão.” Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 12

 “Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.”  João 1:4-5

“Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam a vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Mat. 5:14-16

“O Senhor fez ampla provisão para que as graças celestiais sejam abundantemente supridas a todos, a fim de que a verdade como esta é em Jesus ocupe o primeiro lugar no coração e preencha sempre o templo da alma. Então haverá total devoção a Deus, e os verdadeiros crentes se tornarão pescadores de homens. Orarão por sabedoria e andarão de acordo com a oração: “Vós sois a luz do mundo.” Mat. 5:14. “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos Céus.” Mat. 5:16. Carta 48, 1897.” Cristo Triunfante, MM 2002, pág. 230

“Roguem a Deus que em vocês efetue completa reforma, que os frutos do Seu Espírito habitem em vocês, e que, por sua vida piedosa, brilhem como luzes no mundo.”(Signs of the Times, 18 de novembro de 1886); Perto Do Céu, MM 2013, pág. 20

“Dispõe-te, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do Senhor nasce sobre ti. Porque eis que as trevas cobrem a terra, e a escuridão, os povos; mas sobre ti aparece resplendente o Senhor, e a sua Glória se vê sobre ti.” Isaías 60:1-2

“Para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo.” Fil. 2:15

  • Uma séria advertência:

“Esta é a mensagem que dele ouvimos e transmitimos a vocês: Deus é luz; nele não há treva alguma. Se afirmarmos que temos comunhão com ele, mas andamos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade.” 1 João 1:5-6

  • Uma preciosa promessa:

“Se, porém, andamos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.” 1 João 1:7

Deus seja para sempre louvado!

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: