Discernimento: a salvaguarda do reavivamento

 Chuvas de bênçãos

‘’Considera em como amo os teus preceitos; vivifica-me, ó Senhor, segundo a tua bondade. As tuas palavras são em tudo verdade desde o principio, e cada um dos teus justos juízos dura para sempre’’ (Salmos 119:159-160)

O que significa discernir? Segundo o dicionário Bíblico Almeida, esta palavra quer dizer “saber a diferença, perceber com clareza , julgar e explicar”.

Quantas vezes queremos explicar ou falar sobre reavivamento sem saber a essência dele. Queremos dar explicações humanas, buscar através de métodos ou programas bem elaborados. A verdade e que muitas vezes falamos das coisas certas, mas trilhamos o caminho errado. E então o que nos falta? Você sabe a resposta? Talvez está palavra o faça refletir um pouco sobre “DISCERNIMENTO”.

Precisamos buscar o reavivamento. Mas precisamos saber que o diabo tem procurado criar movimentos falsos dizendo que é um movimento genuíno e verdadeiro.

“Em todo avivamento da obra de Deus o príncipe do mal está desperto para atividade mais intensa; aplica atualmente todos os seus esforços em preparar-se para a luta final contra Cristo e Seus seguidores. O último grande engano deve logo patentear-se diante de nós. O anticristo vai operar suas obras maravilhosas à nossa vista. Tão meticulosamente a contrafação se parecerá com o verdadeiro, que será impossível distinguir entre ambos sem o auxílio das Escrituras Sagradas. Pelo testemunho destas toda declaração e todo prodígio deverão ser provados.” O Grande Conflito , pág. 593.

Vontade de Deus e sua Palavra

O que é a vontade de Deus? Talvez seja difícil responder essa pergunta, mas vamos tentar responder da melhor forma possível usando a palavra de Deus.

Porque esta e a vontade de Deus: a Vossa santificação… (…) Por quanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação. (I Tes. 4:3 e 7)

Como o verdadeiro reavimento está fundamentado na palavra de Deus podemos entender o que Jesus disse sobre ela “Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade.” João 17:17.

Só há uma forma de reavivar a nossa fé, buscar auxilio em sua palavra. Somente ela poderá iluminar o nosso caminho e retirar todo impedimento para a chuva serôdia e nos ajudar a identificar o verdadeiro reavivamento.

O apóstolo Paulo considerou o conhecimento de Deus como o mais importante aspecto da vida, pois ele disse em Filipenses 3:7-8 “Mas o que para mim era lucro, isso considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considerei tudo como perda,… para O conhecer.”

Escreveu Jeremias: “Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte na sua força, nem o rico nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em Me conhecer.” Jeremias 9:23 e 24.

E disse Daniel: “O povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo.” Daniel 11:32.

Há um excitamento emotivo, mistura do verdadeiro com o falso, muito apropriado para transviar. Contudo, ninguém necessita ser enganado. À luz da Palavra de Deus não é difícil determinar a natureza destes movimentos. Onde quer que os homens negligenciem o testemunho da Escritura Sagrada, desviando-se das verdades claras que servem para provar a alma e que exigem a renúncia de si mesmo e a do mundo, podemos estar certos de que ali não é outorgada a bênção de Deus”. O Grande Conflito, págs. 464 e 465.

“Uma classe anda em humildade e mansidão, aprendendo de Jesus, a outra mostra que eles não são praticantes da Palavra, mas unicamente ouvintes. Uma classe é santificada pela verdade; a outra, nada conhece do poder transformador da graça divina. A primeira é daqueles que diariamente estão morrendo para o eu e vencendo o pecado. A última é daqueles que estão condescendendo com as concupiscências e se tornando servos de Satanás”. ( Santificação, pág. 60)

Amor de Deus e sua Lei

O autor da lição deixa bem claro que o reavivamento será fruto de conhecermos Deus, e conhecer a JESUS, “sempre vai nos levar à obediência.” Não podemos dizer que conhecemos se não estamos dispostos a fazer sua vontade. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.” 1 João 2:4.

A lei de Deus é a única norma verdadeira de perfeição moral. Essa lei foi exemplificada na vida de Cristo. Ele diz de Si mesmo: “Tenho guardado os mandamentos de Meu Pai.” João 15:10. Nada menos que esta obediência satisfará às exigências da Palavra de Deus. “Aquele que diz que está nEle também deve andar como Ele andou.” I João 2:6. Nós não podemos alegar que somos impotentes para fazer isso, porque temos a afirmativa: “A Minha graça te basta.” II Cor. 12:9. Ao olharmos no espelho divino – a lei de Deus – vemos a excessiva malignidade do pecado e nossa própria condição de perdidos, como transgressores. Mas, pelo arrependimento e fé, somos justificados perante Deus, e, mediante a graça divina, habilitados a prestar obediência aos Seus mandamentos. (santificação pág. 80 e 81). Todo reavivamento exaltara a lei de Deus, não como objeto de salvação mas em resposta ao milagre operado em nossas vidas.

Formalismo, fanatismo e fé

O maior desafio da igreja hoje, talvez seja remover todo formalismo que muitas vezes estamos preocupados. Estamos tão acostumados a seguir regras que acabamos esquecemos quem é o Senhor delas, ao passo que o fanatismo chega ao estremo de todas as coisas. O que precisamos é chegar a um equilíbrio como cristãos. Não devemos ser relaxados e nem extremistas. Precisamos viver pela fé como o Filho de Deus viveu.

Ellen White descrevendo a diferença de fé e crença diz:

‘’A fé genuína opera por meio do amor e purifica a alma. Essa fé que tem poder de limpar a vida do pecado. Os demônios acreditam que cristo veio ao mundo com redentor do ser humano, que operou milagres poderosos, que ele sofreu morte vergonhosa para salvar o homem caído. Os demônios acreditam que ele ressuscitou da morte, que ascendeu ao céu e se assentou à direita do pai. Os demônios acreditam que Ele vira outra vez e que em breve, com poder e grande gloria, fará justiça àqueles que não conhecem a Deus e não obedeceram ao evangelho. Eles acreditam em tudo que está gravado no antigo e novo testamento. Mas essa fé salvará os demônios das trevas?Eles não tem a fé que opera por meio do amor e purifica a alma. Aquela fé, e somente aquela, que purifica o templo da alma é a fé genuína. (Sings of the Times, 17 de fevereiro de 1890).

Ministério e milagres

“Geralmente os falsos reavivamentos colocam sua ênfase principal nos milagres. Os reavivamentos genuínos focalizam o ministério. Os falsos reavivamentos enfatizam os sinais e prodígios espetaculares; os reavivamentos genuínos reconhecem que o maior milagre é uma vida transformada.” Lição da escola sabatina, “Reavivamento e Reforma,” pág. 98

“A obediência a Deus é a base. Sinais e maravilhas se acontecerem, serão sempre secundários.” Lição da escola sabatina, “Reavivamento e Reforma,” pág. 98

Os movimentos religiosos hoje destacam que os milagres é a essência do reavivamento. Devemos levar em consideração que os milagres também acompanharam o reavivamento verdadeiro e não há como negar. Mas o que precisamos saber é como isso irá acontecer. Precisamos estar atentos para que tenhamos capacidade de discernir o verdadeiro do falso reavivamento e não cometermos injustiças. Precisamos lembrar que na igreja em sua origem manifestou-se muitos sinais e prodígios. (Atos 2:43; 3:1-10; 9:32; 9:36; 4:31; 5:12-16). Vemos nesses textos bíblicos pessoas sendo ressuscitadas, curadas, libertadas do inimigo, pessoas sendo curadas até mesmo por serem tocadas pela sombra dos apóstolos.

No futuro haverá novamente sinais e prodígios entre o povo de Deus.

“Servos de Deus, com o rosto iluminado e a resplandecer de santa consagração, apressar-se-ão de um lugar para outro para proclamar a mensagem do Céu. Por milhares de vozes em toda a extensão da Terra, será dada a advertência. Operar-se-ão prodígios, os doentes serão curados, e sinais e maravilhas seguirão aos crentes.” O Grande Conflito, pág. 611 e 612.

O que precisa acontecer em nossa vida para recebermos a chuva Serôdia

“A chuva serôdia virá, e a bênção de Deus encherá toda alma que estiver purificada de toda contaminação. É nossa obra hoje entregar nossa alma a Cristo, para estarmos preparados para o tempo de refrigério pela presença do Senhor – preparados para o batismo do Espírito Santo.” Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 191. Eventos Finais pág. 193

Frutos e dons

Os dons do Espírito podem ser divididos em duas categorias: qualidades e vocações.

O que são qualidades? É a condição natural de uma pessoa que permitiu a atuação divina em sua vida, que tem como resultado prestar ajuda a alguém, hospitalidade, exortação e o ensino. Estas qualidades são concedidas por Deus individualmente (Ef. 4:11-12).

O que é vocação?  Está relacionada ao chamado que Deus faz também individualmente a uma pessoa concedendo dons para edificação do corpo de cristo.“Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil”. 1 Coríntios 12:7

Existe perigo em todo suposto reavivamento que tenha pouco interesse no fruto do Espírito, mas que esteja obcecado pela posse dos dons do Espírito. Se Deus concedesse os dons do Espírito em plenitude aos cristãos que não manifestassem o fruto do Espírito, a igreja se tornaria o centro de exibicionismo egoísta. Se Deus derramasse o poder do Céu enquanto as nossas linhas espirituais de transmissão estivessem esgotadas, os resultados seriam desastrosos. Cuidado com movimentos que se concentram nos dons e poder do Espírito Santo, e não na obediência à vontade de Deus e no caráter transformado que revela o fruto do Espírito! (lição da escola Sabatina).

O que você diria à pessoa que experimentou algo que ela julga ter sido manifestação sobrenatural de Deus? Como você pode ajudá-la a saber se realmente é legítimo ou não isso? Com base na realidade do grande conflito, quem ou o que pode estar por trás dos milagres?

Que o Senhor nos ajude!

Deus seja para sempre louvado!

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: