Perfeito em amor

578464_402252676496994_1582712587_n[1]

“Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.” Mat. 5:48

Sem dúvida alguma o Senhor deseja que pelo Seu poder sejamos perfeitos em amor, mas afinal o que representa realmente ser perfeito em amor? É possível que o homem seja perfeito em amor e ao mesmo tempo ter a mente corrompida e estar vivendo em pecado, desobedecendo à lei do Senhor?

Vejamos alguns textos bíblicos onde encontraremos as respostas para estas questões.

“O amor não pratica o mal contra o próximo; de sorte que o cumprimento da lei é o amor.” Romanos 13:10

“Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus; quando amamos a Deus e praticamos os Seus mandamentos. Porque este é o amor de Deus; que guardemos os Seus mandamentos; ora, os Seus mandamentos não são penosos.” 1º João 5:2-3

“Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” Mateus 22:37-40

“Aquele que tem os Meus mandamentos e os guarda, este é o que Me ama; e aquele que Me ama será amado de Meu Pai, e Eu o amarei e Me manifestarei a Ele.” João 14:21.

“Se me amais, guardareis os Meus mandamentos.” João 14:15

Amor e Obediência

A resposta de Jesus para a pergunta: “Mestre, que farei para herdar a vida eterna?” Luc. 10:25

“Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” Luc. 10:27

Na palavra de Deus vemos que, tanto aquele que não ama como também aquele que não obedece ao Senhor, não conhece a Deus. Porém naquele que obedece, “verdadeiramente, tem sido aperfeiçoado o amor de Deus.”

“Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.” 1 João 4:8

“Aquele que diz: Eu O conheço e não guarda os Seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade. Aquele, entretanto, que guarda a Sua palavra, nele, verdadeiramente, tem sido aperfeiçoado o amor de Deus.” 1João 2:4-5

Vontade do Senhor

O Senhor deseja escrever Sua lei no nosso coração, Ele deseja transformar nosso coração, se permitirmos que o Senhor faça essa obra em nossa vida, enquanto estivermos andando com Ele realmente reinado no nosso coração, estaremos prestando ao Senhor plena obediência.

“Dar-lhes-ei um só coração, espírito novo porei dentro deles; tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei coração de carne.” Ezequiel 11:19

“Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor; na sua mente imprimirei as minhas leis, também sobre o seu coração as escreverei; e Eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.” Hebreus 8:10

Objetivo do Senhor

Vemos na palavra de Deus que o Seu desejo é que tenhamos um coração propenso a obedecer aos Seus mandamentos, um coração “perfeito” para Deus é um coração obediente. Deus seja louvado porque Ele pode nos conceder um novo coração, um coração obediente.

“A fim de que a si incline o nosso coração, para andarmos em todos os Seus caminhos e guardemos os Seus mandamentos, e os Seus estatutos, e os Seus juízos, que ordenou a nossos pais.” 1 Reis 8:58

“Seja perfeito o vosso coração para com o Senhor, nosso Deus, para andardes nos Seus estatutos e guardardes os Seus mandamentos, como hoje o fazeis.” 1 Reis 8:61

Nosso Pedido

Como sabemos que o nosso maravilhoso Deus deseja fazer uma grande transformação no nosso coração devemos então fazer da oração do salmista Davi também a nossa oração.

“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prove-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.” Salmos 139:23-24

“Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável.” Salmos 51:10

Resultado em nossa vida

Como resultado, teremos então um coração transformado, propenso a obedecer ao nosso Deus e enquanto permanecermos com o Senhor reinado em nosso coração não viveremos como escravos do pecado.

“25)Então, aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei.26) Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo, tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. 27) Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis.” Ezequiel 36: 25-27

“Mas graças a Deus porque, outrora, escravos do pecado, contudo, viestes a obedecer de coração à forma de doutrina a que fostes entregues.” Romanos 6:17

“Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a Si mesmo Se entregou por mim.” Gal. 2:20

Amor o vínculo da perfeição

“Acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.” Col. 3:14

Do perfeito amor resulta a perfeita obediência, esse é o motivo do amor ser o vínculo da perfeição, é inconcebível o pensamento que alguém possa estar vivendo com o pleno amor de Deus no coração e ao mesmo tempo estar vivendo em desarmonia com a vontade do Senhor, ou seja, estar vivendo em pecado. Vejamos como atua em nossa vida o amor que o Senhor deseja implantar no nosso coração.

“O amor é paciente, é benigno, o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” 1 Cor. 13:4-7

Quando o Senhor nos admoesta a sermos perfeitos em amor, Ele está nos convidando para que no Seu poder passemos a viver uma vida santa, completamente livre da escravidão do pecado. Para que essa obra seja real em nossa vida precisamos permitir que o Senhor, escreva em nosso coração a Sua lei.

Israel literal desejava apenas a libertação do jugo de Roma e não do pecado, assim rejeitaram a Jesus. Será que vamos cometer o mesmo erro? Será que também estamos buscando um Salvador que nos livre da morte, da perdição, de tudo que não gostamos, mas rejeitando-O como Salvador do pecado?

Mateus 5:48 está relacionado a todo o capítulo 5 de Mateus, com todo o evangelho de Mateus, enfim com todas as escrituras que nos chamam para uma vida santa no poder de Deus.

“E uma vez que todos os mandamentos se resumem no amor a Deus e ao homem, segue-se que nenhum preceito pode ser violado sem se transgredir este princípio. Assim ensinou Cristo a Seus ouvintes que a lei divina não se constitui de muitos preceitos separados, alguns dos quais são de grande importância ao passo que outros são menos importantes, podendo ser impunemente passados por alto. Nosso Senhor apresenta os primeiros quatro e os últimos seis mandamentos como um todo divino, e ensina que o amor a Deus se revelará pela obediência a todos os Seus mandamentos.” O Desejado De Todas As Nações, p. 607

Que o Senhor nos ajude e nos liberte antes que seja tarde demais!

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” João 8:32

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: