Archive for the ‘Novo nascimento’ Tag

Carne versus Espírito

Carne versus Espírito

“A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” João 3:3

“O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.” João 3:6

É interessante observar nestes versos a condição divina para sermos dignos de ver o reino de Deus. Não deve ser teoria, precisa prática. Tem que haver novo nascimento no Senhor Espírito Santo.

É notável quando a pessoa nasce no Senhor Espírito Santo: “Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.” Mateus 7:20. Quem não nasceu ainda continua produzindo frutos da carne e quem nasceu, produz o fruto do Espírito.

Notemos as diferenças dos frutos:

Frutos da carne

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.” Gálatas 5:19-21

Frutos do Espírito

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.” Gálatas 5:22-23

Nosso maravilhoso Deus nos chama para um novo nascimento, uma nova vida gerada do Senhor Espírito Santo. A natureza humana está pervertida, nascemos com tendências para o mal, produzimos naturalmente os frutos da carne, “adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas.” Se almejamos realmente a salvação devemos buscar o novo nascimento e no poder de Deus, renovar essa experiência diariamente e viver pelo Espírito de Deus. Um novo homem com um novo coração, agora governado pela graça de Deus. Novos desejos e novos propósitos. Uma vida que realmente glorifica nosso Deus.

Pendor da carne e o pendor do Espírito

“Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.” Romanos 8:5-9

A palavra de Deus é muito clara. Diante deste texto devemos analisar individualmente a condição que vivo e então descobrir se estou andando segundo a carne ou segundo o Espírito.

1)     Estou andando segundo a carne tornando-me inimigo de Deus? Minhas inclinações canais me fazem viver em pecado, sem observância à lei de Deus sabendo que isto resultará em morte eterna?

2)     Estou andando segundo o Espírito, com inclinações espirituais que me guardam de pecar, fortificando-me para as coisas de Deus que me conduz para a vida e para a paz que realmente agrada a Deus tendo Sua lei escrita em meu coração?

Devo aceitar estas importantes verdades da palavra de Deus. Se realmente o Senhor Espírito Santo habita em mim eu não estarei na carne ou dominado pela carne. Também devo saber que eu não pertenço a Cristo se o Espírito de Deus não estiver em mim, dominando minha vida.

Para o cristão verdadeiro – andar dominado pelas paixões da carne tem que ser coisa do passado.

“Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” Romanos 8:4

“Porque, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, que são pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte.” Romanos 7:5

“Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.” Efésios 2:3

Vitória sobre a carne e vida no Espírito

Na palavra de Deus encontramos muitos textos nos orientando qual o caminho que devemos seguir para alcançarmos uma vida vitoriosa no poder de Deus. Vejamos:

Cristo nos fortalece:

 “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” Filipenses 4:13

O Espírito Santo nos regenera:

“Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, que abundantemente ele derramou sobre nós por Jesus Cristo nosso Salvador.” Tito 3:5-6

A graça de Deus se manifesta trazendo salvação nos remindo de toda iniquidade:

 “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens,
Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo; o qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.” Tito 2:11-14

Deus seja louvado pelo que já fez e pelo que deseja fazer em nós.

Outros textos para nossa reflexão e oração:

  “Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito.”  Efésios 5:17-18

“Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.”  João 15:4-5

 “E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera.” Efésios 3:19-20

“Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.” Gálatas 5:16

Não podemos nos acomodar em uma vida de escravos do pecado e dominados pelas paixões da carne. Deus pode nos libertar e nos restaurar. Busquemos no Senhor esta libertação e restauração em tempo oportuno.

“Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo” 2 Coríntios 10:3-5

“Ora, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, armai-vos também vós com este pensamento, que aquele que padeceu na carne já cessou do pecado; para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus.” 1 Pedro 4:1-2

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” Gálatas 5:22-25

Como filhos de Deus não podemos ficar arrumando desculpas para uma vida escravizada no pecado. Deus deseja e tem poder para mudar até nossa natureza humana. Nossas tendências carnais devem ser vencidas e subjugadas pelo poder de Deus.

Queridos irmãos, busquemos no Senhor o poder que Ele nos concede para uma vida completamente livre do pecado. Deixemos Deus agir onde não temos condições de mexer.

“E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste também na nossa carne mortal.” 2 Coríntios 4:11

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”  2 Coríntios 5:17

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”  Gálatas 2:20

Deus seja sempre louvado!

Reconciliação ou novo nascimento

novo nascimentoEstamos vivendo o fim dos tempos e infelizmente pendemos às piores escolhas. Em um extremo vemos Deus nos convidando a estar ao Seu lado demonstrando seu amor por nós, alertando sobre os perigos de viver pecando. Do outro lado vemos o pecado nos atraindo e fazendo-nos cair por tão pouco nos separando de Deus. Os versos a seguir demonstram claramente este contraste:

“Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.” Isaías 59:2

“Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida. E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação.” Romanos 5:8-11

Com o surgimento do pecado criou-se um abismo entre o homem e Deus. O pecado nos separa do Senhor. Nosso maravilhoso Deus por nos amar muito tomou iniciativa para acabar com essa separação. “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.” Cristo tornou possível a reconciliação do homem com Deus. Deus seja louvado!

O homem em pecado está condenado à morte e separado de Deus. Mas ao sentir o verdadeiro arrependimento e  aceitar a Jesus (fé genuína) como Seu salvador alcançará perdão e libertação dos pecados cometidos.

A salvação de Jesus Cristo abrange: O perdão dos pecados cometidos e libertação da condenação da morte eterna e da escravidão do próprio pecado. Somente aqueles que recebem do Senhor esta graça estão realmente reconciliados com Deus!

Temos que entender que o homem que persiste em continuar em pecado está separado de Deus, e não receberá o perdão. Aquele que busca ao Senhor somente para o perdão e não O busca para ser liberto do pecado não será nem mesmo perdoado. O verdadeiro arrependimento leva o homem a sentir tristeza pelo pecado. Este homem verdadeiramente arrependido clamará ao Senhor não somente pelo perdão, mas também para ser liberto do pecado. Juntamente com o perdão, o Senhor concede também orientações e poder para que o homem possa fazer Sua vontade e não pecar mais. (Ver João 8:11). Assim acontece o processo do homem reconciliado com Deus, perdoado e liberto do pecado. Deus seja louvado!

  • Quando deve ocorrer essa reconciliação?

“E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação.” Romanos 5:11

O pecado nos separa de Deus então precisamos aceitar a obra que Ele quer realizar em nossa vida, nos purificando e retirando de nós de forma plena, o que nos separa do Senhor. A palavra de Deus é muito clara a reconciliação pode acontecer “agora”.

O Senhor nos ama muito e em reconhecimento a este amor grandioso vamos atender ao Seu convite para a reconciliação.

“Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, Não endureçais os vossos corações, como na provocação.” Hebreus 3:15

  • Como ocorre a reconciliação?

O poder através do qual o pecado é removido da vida do homem nos é concedido pelo nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A missão de Jesus é salvar os homens de seus pecados como se confirma nos versos a seguir:

“E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” Mateus 1:21

“E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado.” 1 João 3:5

O sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado:

“Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.”  1 João 1:7

Mediante a graça que nos é oferecida por Deus somos purificados, reconciliados com Deus e preparados para a volta de Jesus:

“Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo; O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.”  Tito 2:11-14

  • Como viverá o homem reconciliado com Deus?

“Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.” Gálatas 5:16

“Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.”  Romanos 6:6

“Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências.” Romanos 6:11-12

“Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu.” 1 João 3:6

“Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.” 1 João 3:9

“Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca.” 1 João 5:18

  • A quem pertence o homem que não está reconciliado com Deus?

“Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.” 1 João 3:8

A grande verdade é que o homem que permanece no pecado pertence ao diabo. Mas o nosso maravilhoso Deus nos oferece a reconciliação com Ele. Jesus Cristo veio ao nosso mundo  “para desfazer as obras do diabo,” e nos trazer libertação  do inimigo, nos transformar em servos de Deus.

Deus seja louvado!

“Ou que se apodere da minha força, e faça paz comigo; sim, que faça paz comigo.” Isaías 27:5

Que todos nós possamos ter uma compreensão clara e precisa do que é realmente estar reconciliado com Deus. Perdão e libertação total do pecado. Queridos irmãos que a oração de Davi seja a nossa oração:

“Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.” Salmos 51:10

“Arrependimento para com Deus, por termos transgredido Sua lei, e fé em Jesus Cristo, são os únicos meios pelos quais podemos ser elevados à pureza de vida e reconciliação com Deus. Fossem compreendidos plenamente todos os pecados que trouxeram a ira de Deus sobre cidades e nações, veríamos serem o resultado de apetites e paixões não controlados.” No Deserto Da Tentação, pág. 88

“A atual e eterna felicidade do homem consiste em receber o amor de Deus e em guardar os mandamentos de Deus. Cristo é o nosso Redentor. Ele é o Verbo que Se fez carne, e habitou entre nós. É a fonte em que podemos ser lavados e purificados de toda impureza. É o dispendioso sacrifício que tem sido dado para a reconciliação do homem.” EXALTAI-0, MM 1992, pág. 233

“No novo nascimento o coração é posto em harmonia com Deus, ao colocar-se em conformidade com a Sua lei. Quando esta poderosa transformação se efetua no pecador, passou ele da morte para a vida, do pecado para a santidade, da transgressão e rebelião para a obediência e lealdade. Terminou a velha vida de afastamento de Deus, começando a nova vida de reconciliação, de fé e amor. Então, “a justiça da lei” se cumpre “em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito”. Rom. 8:4. E a linguagem da alma será: “Oh! quanto amo a Tua lei! é a minha meditação em todo o dia.” Sal. 119:97. O Grande Conflito, pág. 468

Deus seja para sempre louvado!