Reavivamento: nossa grande necessidade

Lápide morto espiritualmente

Somos uma igreja composta por membros que ainda estão “mortos em ofensas e pecados” (Ver Efé. 2:4-7, Col. 2:13). Para mudarmos esta situação, sem dúvida alguma, o reavivamento é nossa grande e urgente necessidade.

Definindo reavivamento temos:

“Reavivamento significa renovação da vida espiritual, um avivamento das faculdades da mente e do coração, uma ressurreição da morte espiritual.” Mensagens Escolhidas vol. 1 pág. 128.

A lição da escola sabatina deste trimestre destaca o texto a seguir que descreve as características que a igreja de Deus possui:

“No momento em que a água chegava em Laodicéia, estava morna. Jesus usou esse simbolismo para representar a condição de Sua igreja nos últimos dias, descrita como autoconfiante, complacente, apática e indiferente espiritualmente. Uma igreja que perdeu sua paixão e que precisa de um reavivamento espiritual.” Lição da E. S., 3° trim. 2013, Reavivamento e Reforma, pág. 3

Lamentavelmente a igreja de Deus, ignorando sua real condição e sua necessidade de mudança, insiste em ser “[…] autoconfiante, complacente, apática e indiferente espiritualmente.”

A igreja de Deus está dormindo ou negando os princípios divinos neste tempo de grande perigo. Pior ainda é que nela existem os que reagem de forma negativa contra aqueles que tentam despertá-la desse sono letal. Misericórdia Senhor!

Precisamos admitir que, insistir em permanecer no pecado ou com algum pecado, é continuar rejeitando o reavivamento que o Senhor deseja nos oferecer. É continuar rejeitando a plenitude do Senhor Espírito Santo.

O Senhor pode “hoje” mudar nossa condição

Precisamos acreditar e aceitar que no poder do Senhor, é possível a plena libertação da escravidão do pecado.

“Em Apocalipse 3:14, a palavra grega para “princípio” é archê. Pode significar “princípio” no sentido de que a pessoa a quem ela se refere é o iniciador do evento ou ação. Nesse contexto, archê se refere a Jesus como Aquele que dá início, ou é a causa primeira de toda criação. Em outras palavras, Ele é o criador (João 1:1-3; Ef. 3:8-9). Isso é extremamente significativo. Jesus, que por Sua palavra trouxe os mundos à existência, que criou a terra. Aquele cuja palavra fez com que existisse vida, esse mesmo Jesus falou de esperança para Laodiceia. O Criador todo-poderoso pode criar nova vida. Pode criar novos anseios espirituais em nosso coração. Ele pode transformar nossa vida espiritual.” Lição da E. S., 3° trim. 2013, Reavivamento e Reforma, pág. 4

Destacando: “O Criador todo-poderoso pode criar nova vida. Pode criar novos anseios espirituais em nosso coração. Ele pode transformar nossa vida espiritual.”

O mesmo Deus todo-poderoso que criou os Céus e a Terra pode nos transformar de tal forma que, enquanto estivermos permitindo que Ele realmente reine em nosso coração estaremos vivendo completamente libertados da escravidão do pecado. Deus seja louvado!

Não podemos ficar como cegos diante desta possibilidade

Que o Senhor continue nos iluminando, ilumine também a liderança da igreja, para que vejamos e aceitemos essa grande verdade, a possibilidade de transformação da nossa vida operada pelo Senhor Espírito Santo, de nos libertar da escravidão do pecado agora, antes que seja demasiado tarde.

Deus pode nos curar da cegueira espiritual

“Um dos enganos fatais de Satanás é cegar-nos para a realidade de nossas necessidades espirituais. Alguns dos líderes religiosos do tempo de Jesus eram cegos para a própria pobreza espiritual. Eles eram membros da “igreja” que, enquanto esperavam a vinda do Messias, liam a bíblia, guardavam o sábado e devolviam o dízimo. No entanto, muitos estavam em trevas quanto ao tipo de reino espiritual que o Messias anunciaria. Jesus os chamou de “guias cegos” (Mat. 23:24). Paulo escreveu à igreja de Corinto sobre os incrédulos “nos quais o deus desse século cegou o entendimento” (2 Cor. 4:4). Se permitirmos, Ele vai restaurar nossa visão espiritual perdida. Por isso, Jesus disse que veio para proclamar a “restauração da vista aos cegos” (Lc 4:18). Se permitirmos, Ele vai restaurar nossa visão espiritual perdida. No Novo Testamento, toda vez que Jesus abria os olhos dos cegos, estava revelando Seu desejo de abrir os olhos da nossa mente, a fim de nos habilitar a vê-Lo claramente.” Lição da E. S., 3° trim. 2013, Reavivamento e Reforma, pág. 6

Clamemos assim: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo que te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno.”  Salmos 139:23-24

Uma repreensão amorosa

“Nosso Senhor ama tanto Seu povo que não quer permitir a perdição dele. Deus fará o que for preciso para reacender a chama espiritual no coração desse povo. Sua forte repreensão é motivada por um amor ainda mais forte. O castigo revela Seu desejo de nos curar. O profeta Oséias ecoa esse sentimento com esse chamado ao arrependimento. “Vinde, e tornemos para o Senhor, porque Ele nos despedaçou e nos sarará; fez a ferida e a ligará” (Os. 6:1). Lição da E. S., 3° trim. 2013, Reavivamento e Reforma, pág. 5

“As vestiduras brancas são a justiça de Cristo, que pode ser introduzida no caráter. Pureza de coração e de motivo caracterizarão os que estão lavando suas vestiduras e tornando-as brancas no sangue do cordeiro” (Ellen G. White, The Advent Review e Sabbath Herald [A Revista do Advento e Arauto do Sábado], 24 de julho de 1888). Lição da E. S. 3° trim. 2013, Reavivamento e Reforma, pág. 9

Que os nossos professores atendam realmente o apelo da lição na pág. 10:

“Enfatize que a mensagem a Laodiceia, em Apocalipse 3, é o apelo de Deus para irmãos além da experiência cristã casual (que nos custa pouco), para uma vida de total comprometimento com Jesus. Esse apelo não é apenas para abandonarmos atitudes e hábitos que nos separam de Jesus, mas para conhecermos e amarmos a Cristo de modo tão profundo que jamais pensaríamos em desagradar Aquele que tanto nos ama.” Lição da E. S., 3° trim. 2013, Reavivamento e Reforma, pág. 10, (Texto adicional na lição de professores).

“Um poderoso reavivamento ocorrerá em Seu povo. Cristo santificará e purificará Sua igreja a fim de que ela seja apresentada diante dEle “sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante” e para apresentá-la como “igreja gloriosa” diante do trono de Deus.” Lição da E. S., 3° trim. 2013, Reavivamento e Reforma, pág. 12, (Texto adicional na lição de professores).

Para melhor compreensão dos assuntos abordados, aconselhamos que os irmãos leiam os artigos a seguir. Estes artigos estão intimamente ligados ao estudo da lição desta semana.

Deus seja para sempre louvado!

Anúncios

1 comment so far

  1. Alexson on

    Estes comentarios, são muito bom para nasso reavivamento, obrigado, iasd.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: